quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Kiyo na escola... nova etapa, novas aventuras...

Quem acompanhou os meus ultimos posts aqui deve lembrar quando eu falei da "dor do crescimento". Dessa metamorfose que foi a decisao de matricular o Kiyo na escolinha desabrochou uma borboleta linda, independente e maravilhosa.
Depois de nossa viagem para St. Croix, o Kiyo comecou na escolinha. O preparativo foi compartilhado com ele passo a passo. Ele curtiu tudo desde a escolha da roupa ateh o preparo do lanche. Saimos de casa as 8:45 da manha numa comitiva para leva-lo ao primeiro dia de aula, primeiro dia de "independencia" do meu menino. O meu bebe dormiu e acordou transformado, feliz e decidido. "Let's go to school, mamae!", ele declarou logo as 6:45 da manha. Levantou todo serelepe, trocou a roupa, pos os sapatos, tomou seu cafe da manha, e, com sua lancherinha nas maos e mochila nas costas, saiu porta a fora rumo a uma manha de aventuras e descobrimentos...
Confesso que deixar meu pequeno tesouro sozinho em meio a pessoas estranhas (apesar de qualificadas) foi dificil, mas essa era a tal dor do crescimento que culminou numa manha de casa vazia, sem
risadas e sem vida. Achei que teria a manha toda para dar conta das minhas atividades, mas ao inves disso passei a manha toda contando os minutos para busca-lo na escola.
Ele, ao contrario de mim, reagiu bem a mudanca. Na porta da sala, me abracou, daih abracou o pai e a vovoh, disse oi para a professora e os coleguinhas, e segurando a mao da professora (seu novo "exemplo"), entrou na salinha cheia de brinquedos, atividades, risadas e descobertas. Quando fomos busca-lo na escola, a professora nos contou que ele ouvia a todas as recomendacoes atentamente. Era solicito e cordial, pedindo desculpas e por favor. Na hora de voltar para casa, ele se escondeu debaixo da mesa e se recusou prontamente a sair de lah. Ele queria brincar mais. Em casa, sua atividade do dia foi devidamente colocada em primeiro plano na nossa geladeira.
Hoje faz 2 semanas que o Kiyo comecou a ir para a escola. No geral, ele estah curtindo muito. Chega feliz. Gosta de mostrar as pinturas na parede. Sabe onde eh sua classe e sabe o nome da professora. Jah tem amiguinhos na turma, inclusive uma brasileirinha. Suas professoras se mostram solicitas a ensinar o portugues na sala. Incentivam a diversidade de linguas.
Kiyo me parece confortavel com a mudanca. Ele eh bastante confiante, seguro de si e sociavel. Isso nao fui eu quem disse. Isso quem disse foi a professora dele, no primeiro dia de aula.
Ele estah aprendendo musiquinhas e formas. Ele passa as manhas brincando com outras criancas.
Eu agora consigo me atentar as minhas atividades nesse periodo. A casa continua vazia e sem graca no periodo das 9 da manha as 1:30 da tarde. A vida da gente enche de alegria quando ele estah por volta, mas agora ele estah comecando a criar os seus circulos, as suas amizades... Nos vamos sempre estar proximos, acalentando-o quando necessario. Mas agora, que eu vejo o Kiyo com sua lancheirinha na mao entrando na escola, eu percebo que meu bebe deu lugar para um menino lindo. Percebo que ser mae nao eh tomar conta de tudo sempre, mas tomar conta do que eh necessario para que o filho desenvolva de maneira saudavel, respeitosa e completa.

3 comentários:

Bete Strøm disse...

Bom dia Dani,

Você sumiu...Estou feliz com esta nova empreitada do Kiyo Ele tá uma criança linda...Torço muito por ele...Felicidade para todos vocês!!!

Edson Negromonte disse...

Dani, parabe´ns pelo belo texto.

Diários do Papai disse...

Muito legais esses "diários do Kiyo" (diferente esse nome...), figurinha sensacional que você tem como filho, parabéns! Escolinhas e amadurecimentos sempre são capítulos difíceis pra qualquer pai, não é mesmo...? Abração e apareça!