segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Voa, voa passarinho....




Na metade de setembro de 2010 (ha umas duas semanas atras) fomos para St. Croix nas Ilhas Virgens fazer minha pesquisa de campo. O Kiyo entrou no aviao decidido a explorar. Apertou os botoes, subiu no banco, abriu e fechou a "janela"... Chegando lah, ele nao teve duvidas... conversou com todos os hospedes, funcionarios e bichos do hotel onde ficamos.
Todas as manhas (das 5 que estivemos lah), ele ia para a beira do mar com a vovoh. Eu fui algumas vezes, mas como estava trabalhando, nem sempre podia. Ele brincou bastante nas "piscininhas" que se formavam nas pedras. Ele empinou pipa, correu atras de peixinhos que estavam sendo arrastados pela enxurrada, observava tudo com olhos atentos e bastante curiosos. Todos os dias ele queria ver com sua lupa as formigas que eu havia coletado. Vimos tartaruguinha, iguanas, e outros bichinhos...
Na volta, ele entrou novamente no aviao decidido. Dessa vez o aviao jah nao era estranho. Ele jah sabia os botoes a apertar. Ao entrar no aviao, a comissaria convidou-o a visitar a cabine do comandante. Ele foi saltitante, agradecendo e comentando o que estava vendo. Eu fui colocar as bagagens no lugar. O Jeff ficou fotografando o momento.
De repente eu vejo o Kiyo vindo da cabine com a maior cara de descontentamento possivel para os seus 3 anos e 5 meses. Ele estava fumegando de bravo. Todos no aviao perceberam e olhavam-no curiosos para saber o motivo. Peguei-o no meu colo e ele colocou seu rosto no meu peito e disse num soluco: "I want to fly the plane" ou seja "Eu quero voar o aviao". Daih ele me abracou com forca e ficou com o rostinho enterrado no meu pescoco. Todos no aviao fizeram algum tipo de comentario. Foi soh quando o Jeff apareceu que pude entender o motivo real da braveza do Kiyo. Ele estava sentado na cadeira do comandante quando esse disse que precisava "trabalhar". O Kiyo obviamente nao queria deixar. Jeff teve que remove-lo e o resto eh historia...
Fica a imagem, que vale mais que mil palavras...

Um comentário:

Carol, Nando e André disse...

Que linnnnndo Dani!! Nem sabia que eles ainda deixavam entrar na cabine...hehehe.