quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Comentarios do Kiyo...

Como jah disse em posts anteriores, o Kiyo estah cada vez mais desenvolvido em sua fala. E com isso, surgem comentarios unicos, hilarios e muito cheios de cor!
Fomos eu, Jeff e Kiyo no parquinho numa dessas tardes. Como o parquinho estava vazio, estavamos soh nos tres correndo e fazendo brincadeiras na areia, subindo e descendo pelo escorregador. Eu fui sentar no banco do parque e o Kiyo correu pegou na minha mao e chamou: Mamae, let's go down the slide! (Mamae, vamos descer no escorregador!). O Jeff disse que iria no meu lugar e o Kiyo respondeu: Nao papai! You are too fat! You can't go! (Voce estah muito gordo, voce nao pode ir!). Depois que todos rimos, eu perguntei a ele se eu tambem estava gorda e ele respondeu: Nao, mamae! He is! E apontou para o Jeff.
Na manha de Natal, o Kiyo acordou todo empolgado para ver o que o Papai Noel havia deixado debaixo de nossa bela arvore de Natal. De repente ele deu um suspiro e veio correndo me mostrar: Mamae, look. Santa Claus made a mess!" E entregou nas minhas maos uma bolinha da arvore.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Transformacoes

Eh sempre uma surpresa para aqueles que nao veem o Kiyo frequentemente como ele estah crescido. Nesse tempo que estamos aqui, ele cresceu bastante tanto de tamanho quanto de expressao, vocabulario e atitude. Nos que convivemos com ele diariamente demoramos mais para notar essas mudancas. No entanto, elas estao ali, e moldam a personalidade dele.
O que mais percebo no desenvolvimento do Kiyo eh a forma dele se expressar. Desde bebezinho ele sempre foi muito expressivo. Desde que nasceu ele tinha um olhar caracteristico, muito forte e muito expressivo.
Antes dele falar compreensivelmente, nos conseguiamos interpretar suas mais variadas expressoes faciais. Eh incrivel como ele se parece comigo nesse quesito. Minha mae conta que eu era capaz de mudar de expressao totalmente de um instante pro outro. Ele tambem faz isso.
Com o aperfeicoamento da fala, o Kiyo passou a ter outra ferramenta para moldar sua personalidade, sua expressao... A cada dia ele descobre uma palavra nova, uma expressao nova, uma intonacao diferente. Ele tem um excelente senso de humor, e apesar da tenra idade, ele consegue mirabolar roteiros bem complexos para suas brincadeiras.
Eu sempre me surpreendo pensando de onde ele tira tanta coisa nova. Mas a resposta eh simples, ele tira do seu cotidiano.
A forma como ele expressa sua realidade demonstra sua maturidade para um menino de 3 anos e meio. Ele indaga suas duvidas, expressa seus medos e alegrias sem esconder suas intencoes. Essa eh a pureza da crianca, sem dissimular. Para ele, nao eh preciso dizer que algo eh bonito se nao eh. Basta dizer a verdade.
Essa sinceridade com que o Kiyo encara o mundo vai um dia ser encoberta pela verniz social que tanto tentamos incutir em sua cabeca. Dizer o que se pensa nao eh bem aceito em todos os meios, entao eh preciso ser "nice", eh preciso ser "social" e agir conforme o codigo de etiqueta. Apesar de gostar quando as pessoas elogiam o comportamento do Kiyo nos meios sociais, eu nao quero que ele perca tao precocemente a sua autenticidade. Sua expressao nao precisa se moldar conforme a situacao. Ela deve expressa-la.
Entao, quando o Kiyo nao quer agir conforme o padrao, nos nao insistimos. Deixamos que ele exerca sua individualidade, e que expresse sua personalidade. Ele jah apresenta sinais de maturidade social, sabendo compartilhar brincadeiras e objetos. No entanto, sua personalidade continua intacta, suas expressoes sao mantidas e aparecem na forma de tigres, dragoes e dinossauros para reforcar as expressoes faladas que agora as acompanham.





video

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Blogar ou nao blogar...

Lendo uma materia publicada na Folha de Sao Paulo recentemente sobre maes blogueiras e o perigo dessa "exposicao" dos filhos, fiquei pensando nas razoes que me fizeram iniciar esse blog.
Eu sempre amei fazer diario, cadernos de confidencias, etc... Quando o Kiyo nasceu, eu queria sim colocar em palavras os momentos mais lindos que temos junto dele.
Queria deixar registrado alguns momentos legais, algumas gracinhas, algumas brincadeiras para que no futuro ele pudesse reviver esses momentos. Algumas pessoas criticam essa pratica, pois estou "expondo o Kiyo" ao mundo. Concordo que a internet, os facebooks e orkuts da vida tem o potencial de expor minha vida de uma forma absurda e assustadora. No entanto, esses mesmos grupos sociais podem servir outras funcoes mais nobres que aquelas apresentadas pela materia.
Exemplo 1: Minha sobrinha tinha que fazer uma cirurgia no coracaozinho dela. Ela tinha apenas 1 aninho. Precisavamos de doadores de sangue para garantir que ela teria sangue se fosse preciso. Eu coloquei o assunto pelo orkut e obtive a maior resposta do mundo. Inumeras pessoas responderam, gente que eu nem conhecia direito foi ateh o banco de sangue e doou, gente que nao viamos a tempo tambem foi, gente que morava longe respondeu em oracao... isso nao pode ser ruim! Isso eh positivo! Isso eh muito bom.
Minhas razoes para ter esse espaco sao minhas. Nao preciso compartilhar isso com ninguem, nao preciso compartilhar minha vida com ninguem. No entanto, eu gosto de compartilhar nao apenas para mostrar as gracinhas do Kiyo para a familia que estah ha milhares de kilometros de distancia, em um outro pais, longe de ve-lo crescer lindo, saudavel e totalmente seguro de si, mas para colocar minhas experiencias e ouvir um pouco das experiencias de quem le.
Eu acho que as preocupacoes expostas pela reportagem, alem de serem mal fundamentadas sao totalmente fora de tamanho. Existem pessoas ruins e inescrupulosas no mundo? Existem pessoas que vao deturpar totalmente o que se eh dito, existem pessoas que vao usar uma unica frase para fazer doutrina e tirar totalmente o que foi dito fora de contexto.
Eu coloco alguns fatos da minha vida aqui, coloco algumas fotos, algumas gracinhas, algumas experiencias... nao estou imune as pessoas sem escrupulos, mas estou certa de que muito de muito melhor resulta das minhas postagens. Tenho certeza de que os avos, tios, primos e amigos no Brasil amam saber das travessuras do Kiyo, e continuarei postando, continuarei blogando...
Afinal nao eh de hoje que eu nao sigo o que os "profissionais experts em o que quer que seja" falam...
Beijos a todos que leem o meu blog,
Dani