domingo, 22 de abril de 2012

Expectativas pré viagem...


Em dezembro, quando nossa viagem ao Brasil foi devidamente cancelada por conta de uma infecção absurda que o Jeff teve, todos ficamos muito tristes. Não poderíamos aproveitar as festas de fim de ano com a família lá no Brasil. Quem acompanhou, deve lembrar que acabamos tendo um Natal muito maravilhoso com as tias e a prima do Kiyo aqui mesmo na terra do Tio Sam. 

Enfim, conseguimos remarcar nossa ida ao Brasil. Desde então estamos na contagem regressiva para finalmente curtirmos um tempinho com a família lá. Kiyo está particularmente empolgado com a viagem. A cada fim de semana, ele pergunta se vamos ao aeroporto. E a medida que o dia se aproxima, ele fala mais e mais sobre a viagem. 

Há algumas semanas atrás, ele escolheu os filmes para assistir no avião. Ficou todo empolgado quando o tio Dedé foi embora. Não foi porque o tio foi embora, mas porque daí o dia da NOSSA viagem estaria chegando mais perto. 


Contou para os amiguinhos na escola que vai ter duas festas de aniversário: uma aqui com eles, e outra lá no Brasil com os avós, primos, tios, bisavós e tio-avós. Contou para as professoras que vai viajar de avião e terá que dormir no avião para chegar lá. Ele tem falado muito do quão feliz e empolgado ele está porque vamos ao Brasil. Ele fica perguntando se compartilhamos da sua empolgação.

Ontem, Kiyo adormeceu fazendo planos de tudo de divertido que irá fazer quando chegar no Brasil. Ele falou que quer jogar video-game com o primo, brincar com as primas, correr atrás das cadelas (Rotti e Dógui) que ficaram lá. No final de uma longa lista de atividades planejadas cuidadosamente e detalhadamente, ele concluiu: "Mamãe, eu estou MUITO empolgado de ir pro Brasil! Estou MUITO feliz que vou brincar com as minhas primas e ver todo mundo!"

E assim eu conclui que, apesar de estarmos longe, conseguimos manter muito bem a proximidade com os parentes e amigos na nossa amada Terra Brasilis. Kiyo lembra de todos pelo nome em suas orações. E sabe bem de quem estamos falando quando comentamos algo de alguém no Brasil.

A vida de "imigrantes" numa terra longe da nossa pátria pode ser particularmente confusa para crianças. Depende muito dos pais não deixarem a rotina e a distância transformarem as memórias em imagens borradas e fora de foco na lembrança dos pequenos. Não acho que tem muito a ver com a língua que eles falam... Kiyo fala muito mais inglês que português... mas tem a ver com o amor que eles observam na forma em que falamos dos queridos que estão lá, e da nossa própria iniciativa em manter viva essa ligação.

Beijos a todos...

3 comentários:

Aline Cortes disse...

Uma ótima viagem! Depois conte-nos tudo aqui.
Beijos,
Aline
www.decaronanacegonha.blogspot.com

mommyinfinland disse...

aw seu filho é muito fofinho^^
parabens ! adorei seu blog !
sou brasileira ..moro na finlandia.estou gravida tenho um blog para contar sobre meu bebe tb .
bjuu

mommyinfinland.blogspot.com

Bete Strøm disse...

Ai que bom, quer me levar junto? Aceito caronas! hahah Para qual parte do Brasil vc vai? bjs:)