sábado, 25 de agosto de 2012

Coracao de Estudante...

 Quando mudamos para os EUA, Kiyo tinha apenas 2 anos e meio. Muita gente pensou que iriamos coloca-lo imediatamente na escolinha para dar conta de trabalhar. Ao contrario, mantivemos nossa conviccao que o melhor para o Kiyo era ficar com o papai e a mamae a maior parte do tempo. Continuamos nossos malabarismos e garantimos que ele brincasse no parquinho ou na praia todos os dias. Ateh que um dia...
Aos 3 anos e meio, depois que voltamos de uma viagem de pesquisa, Kiyo demonstrou um interesse bem grande de ir para a escola. Procuramos uma escola perto de casa, que fosse de acordo com as nossas condicoes e que fosse flexivel, aberta e com turmas pequenas. Aos 3 anos e meio, nosso pequeno entrou pela primeira vez num novo mundo. Ele ficou nessa pre-escola por 2 anos. 
Este ano letivo ele comecou uma nova etapa na sua vida escolar. Aos 5 anos, Kiyo eh aluno em uma escola elementar (Jardim ao Quinto ano). Mudamos para uma nova cidade (Boca Raton) onde as escolas sao consideradas muito boas. Todos que ouviam o nome da escola que Kiyo atenderia nesse ano diziam que eh uma excelente escola, e que a administracao e os professores sao muito bons e atenciosos. Fizemos a matricula. Fomos conhecer a professora e compramos o "uniforme". Todos foram muito atenciosos.
Primeiro dia de aula: Kiyo acordou logo cedo anunciando que iria tomar o cafe da manha na escola (eles oferecem cafe da manha gratuito para todos os alunos que quiserem). Fomos os tres de bike para a escola, ele de uniforme novo e uma empolgacao tremenda. Acompanhamos o pequeno no primeiro dia ateh a cafeteria. Ele pegou cereal, leite e alguma outra coisa. Ficou todo feliz por estar na "escola de menino grande". Almocou na escola e voltou todo faceiro dizendo que gostou.
No segundo dia de aula, solicitaram que os pais entregassem os filhos na porta e que os pequenos fossem por si (ou acompanhados de outros alunos monitores) ateh a cafeteria. Kiyo ficou ressabiado no inicio. Eu conversei com ele e disse que ele iria com o colega monitor. Ele olhou o menino grande e foi andando de mochila nas costas e sem olhar para tras. 
Uma semana jah se passou desde o inicio das aulas do Kiyo. Seu desenvolvimento eh obvio. Ele estah comecando a aprender a juntar os sons das letras para ler as palavrinhas nos livrinhos. Mas o que mais me surpreende eh sua seguranca. Desde a primeira vez que ele foi a escola, ele entrou pisando firme e decidido. Ele aparenta ser timido, mas jah demonstra seu lado "palhacinho" que faz os coleguinhas rirem. Ele espera que a professora indique o eh para ser feito antes de fazer, e aparentemente estah gostando.
O balanco da semana tem sim os pros e contras. Nem tudo eh de acordo como a gente gostaria, mas no final das contas acho que a escola eh boa sim. Existem algumas arestas a serem ajustadas, mas isso se resolve com amor e dedicacao da nossa parte (e da deles tambem). De qualquer maneira, a gente nao deixa o dia passar sem saber exatamente o que aconteceu na escola... sem saber a versao dele das coisas. Eu gostei da infra-estrutura que a escola oferece (mesmo sendo publica). Essa foi a primeira semana. Veremos como serah o restante do ano letivo.
Ao contrario do que nos indicavam as criticas, Kiyo eh uma crianca bem sociavel, cordial e respeitosa. Ele sabe o seu lugar no mundo. No entanto, antes de mais nada, ele sabe (e a gente tenta sempre deixar isso o mais claro possivel para ele todos os dias) que ele sempre pode contar com o papai e a mamae quando algo for assustador. Ele sabe que estamos do seu lado e assim ele pode pisar firme e decidido. Esta seguranca que ele tem nao tem preco. E isso soh pode ser adquirido com muito colo, amor e presenca.