terça-feira, 6 de novembro de 2012

Agenda livre para brincar...




Quando eu era crianca, minha maior obrigacao (tirando ir a escola por meio periodo) era de brincar, explorar a vida e curtir os dias junto da familia. Minha mae e meu pai tinham que trabalhar, mas nos tinhamos a sorte (ou melhor bencao) de ficar com a voh e vo. Nossas tardes eram rotineiras, sim. Nao viviamos numa anarquia simplesmente por nao ter o regimento escolar e as agendas lotadas de atividades extra-curriculares. Se iamos a escola no periodo da tarde, nossa manha iniciava com um gostoso cafe, sem muita pressa. Se as funcoes academicas eram pela manha, nossas tardes se resumiam em brincadeiras. Nas ferias? Podiamos escolher o que fazer. Lembro bem da minha vo inventando brincadeiras e atividades para nos 3 (ou 4) em dias de chuva, com direito a bolinho de chuva e tudo. Em todo esse tempo, poucas eram as atividades extra-curriculares regimentadas. Brincar era a palavra de ordem. Ser crianca era muito bom!

Quando o Kiyo comecou na escolinha, aos 3 anos e meio e por vontade propria, recebemos inumeros convites para que o matriculassemos em escolinhas de futebol, baseball, artes marciais, etc... A intencao eh ocupar as horinhas dele com o maximo de atividades possiveis. Mas para que isso? Quem foi que instituiu que criancas precisam de agendas cheias para terem rotina?

Kiyo acorda as 6:30 da manha. Toma cafe e nos arrumamos para irmos a escola. Todos nos vamos (de bike) pra escola (ele pra dele, e nos para a nossa). As 2 da tarde, pegamos o Kiyo na escola e (em nossas bikes) voltamos pra casa. As vezes, apenas um de nos vai busca-lo na escola. Porem, a norma eh que temos as tardes LIVRES para brincar com o Kiyo. A gente corre em volta do condominio, anda de bike, vai a praia ou a piscina, joga bola... a gente tambem pinta, brinca de massinha, assiste filme... pausa pra um lanchinho devidamente preparado por nos mesmos... tem vezes que vamos a biblioteca, ao parque ou ao shopping... e quando dah, se sobra um tempinho, Kiyo vai junto as nossas idas a campo, como assistente ofical da equipe.

Para algumas pessoas, crianca com a agenda lotada nao tem tempo pra "pensar besteira". Nos achamos que crianca com a agenda lotada nao sabe o que fazer quando tem tempo livre, nunca exercitou a criatividade, nao consegue curtir um filme sossegada com as pernas pra cima... essas criancas aprendem desde muito cedo a viver na roda viva, na correria do dia-a-dia. Quando perceberem, jah nao serao mais criancas, e nao terao vivido o melhor tempo da vidinha delas. Criancas de agenda lotada tambem sao indicativos de pais com agendas lotadas.

 Nao entro no merito de pais que tenham que trabalhar fora. Nos tambem trabalhamos (estudamos) fora, no entanto o tempo que temos com o Kiyo eh um tempo bem vivido. Podemos dizer que curtimos cada momento da melhor forma que pudemos. Ok, nao quer dizer que ele nunca brinca sozinho ou que sempre estamos monitorando todas as atividades dele. Ha momentos em que apenas observamos, ouvimos suas conversas imaginarias. Sua vida nao se resume a uma lista de atividades pre-agendadas, cronometradas ou supervisionadas. Ele eh livre para brincar do que quiser (dentro dos limites de seguranca, eh obvio). Deixamos que a criatividade dele corra solta.

Quem sabe, daqui ha alguns anos (se ele quiser), o Kiyo entre em algum esporte ou atividade extra-curricular. Por enquanto preferimos que ele tenha a agenda livre para ser crianca em tempo integral.



Nenhum comentário: