segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Menino-Esquilo




Kiyo sempre gostou de catar pedrinhas, florzinhas, galhos e folhas em nossas caminhadas. Numa viagem que fizemos ao Oeste dos EUA (Colorado-Utah-Novo Mexico), tivemos que colocar um limite na quantidade de pedras que ele poderia trazer. Nosso carro já estava “arriado” de tanto peso.

É isso que dá ser filho de bióloga. Ele AMA catar coisas para olhar depois, ou simplesmente para colecionar. Ele tem uma coleção ampla de pedras, com exemplos de pedras igneas, metamórficas e sedimentárias. Ele tem coleção de ossos de bichos que encontrou por aí. Ele tem coleção de sementes, galhos e folhas secas também. 

Então… eis que estava eu colocando as roupas da viagem para lavar, quando senti que a calça jeans do Kiyo estava excessivamente pesada. Inspecionei os bolsos, achando que poderia ter uma pedra ou um brinquedo. E me surpreendi com a quantidade de “acorn” (bolota? – um tipo de noz comuns aqui).



Imediatamente lembrei dos esquilos que guardam comida para passarem o inverno. Lembrei do Scrat do filme A Era do Gelo. E quase morri de rir com meu “Menino-Esquilo” se preparando para o inverno floridiano!



Nenhum comentário: